Página Inicial Pesquisa Avançada Publicações de Hoje
Ajuda

título:Decreto Estadual nº 55.052, de 17 de novembro de 2009
 
publicação: D.O.E. - SP - Diário Oficial do Estado de São Paulo, de 18 de novembro de 2009
órgão emissor:
GOV-SP - Governo do Estado de São Paulo
 
alcance do ato: Estadual - SP / Brasil 
relacionamento(s): 
 Regulamenta:
  • Lei Estadual nº 12.060, de 26 de setembro de 2005

  •  
      Versão para impressão
     Enviar por email

    DECRETO Nº 55.052, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2009
     

    Regulamenta a Lei 12.060, de 26 de setembro de 2005, que dispõe sobre a substituição por ações de saúde mental do procedimento de internação hospitalar psiquiátrica no Sistema Único de Saúde do Estado, e dá providências correlatas 


    JOSÉ SERRA, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, 

    Decreta

    Artigo 1º - A implantação de leitos psiquiátricos em Hospitais Gerais integrantes do Sistema Único de Saúde - SUS/SP, prevista na Lei nº 12.060, de 26 de setembro de 2005, fica disciplinada nos termos deste decreto.  

    Artigo 2º - Os leitos psiquiátricos de que trata este decreto ficam caracterizados como unidades regionalizadas de referência com o objetivo de garantir a assistência, intensiva e de fase aguda, por equipe especializada, aos pacientes com transtornos mentais, incluindo os decorrentes do uso de substâncias psicoativas.  

    Artigo 3º - A implantação dos leitos psiquiátricos será definida pela Secretaria da Saúde em consonância com o previsto nas Diretrizes para a Programação Pactuada e Integrada da Assistência à Saúde, de junho de 2006, da Coordenação de Programação da Assistência, do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle - DRAC, da Secretaria de Atenção à Saúde - SAS, do Ministério da Saúde, observados os seguintes parâmetros: 

    I - em municípios e/ou regiões com rede substitutiva efetiva, o número de leitos psiquiátricos deverá ser de 0,10 (dez centésimos) a 0,16 (dezesseis centésimos) leitos a cada 1.000 (mil) habitantes, incluindo os leitos de hospitais psiquiátricos especializados e dos Centros de Atenção Psicossocial - CAPS III; 

    II - em municípios e/ou regiões sem rede substitutiva efetiva, o número de leitos psiquiátricos deverá ser de 0,16 (dezesseis centésimos) a 0,24 (vinte e quatro centésimos) leitos a cada 1.000 (mil) habitantes, incluindo os leitos de hospitais psiquiátricos especializados e dos Centros de Atenção Psicossocial - CAPS III. 

    Parágrafo único - Na definição a que se refere o “caput” deste artigo, a Secretaria da Saúde deverá, ainda, atuar, preferencialmente, local ou loco-regionalmente. 

    Artigo 4º - O número de leitos psiquiátricos implantados em cada Hospital Geral que integra o Sistema Único de Saúde - SUS/SP não deverá ultrapassar 10% (dez por cento) da sua capacidade instalada, observado o limite máximo de 30 (trinta). 

    Artigo 5º - A equipe de profissionais que irá atuar nos serviços psiquiátricos dos Hospitais Gerais é a definida na Portaria SNAS, do Ministério da Saúde, nº 224, de 29 de janeiro de 1992, ou em outra norma que venha a substituí-la. 

    Artigo 6º - A forma de implantação dos leitos psiquiátricos e do atendimento de que trata este decreto será definida por resolução do Secretário da Saúde. 

    Artigo 7º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. 

    JOSÉ SERRA 

    Luiz Roberto Barradas Barata 

    Secretário da Saúde 

    Aloysio Nunes Ferreira Filho 

    Secretário-Chefe da Casa Civil 

     
      Versão para impressão
     Enviar por email


    Secretaria de Estado da Saúde/ Coordenadoria de Controle de Doenças/Centro de Documentação:
    Av. Dr. Arnaldo, 351 - Anexo 3 - Telefones:(11) 3065-4701/4702/4707 FAX: 30654706 - São Paulo / SP - CEP 01246-901
    Copyright © 2003 SES/CTD & BIREME/OPAS/OMSTamanho do texto: AA Contate-nos